Não é de hoje que as mulheres têm feito a diferença no mundo das cervejarias. Ainda entre os Vikings, era lei que somente as mulheres poderiam produzir cerveja e todo o equipamento usado para esse fim era propriedade exclusiva da cervejeira. Até o século XVI, na região norte da Alemanha, os utensílios para produção de cerveja faziam parte do enxoval das noivas. (Convenhamos, podia ser assim até hoje, não é mesmo?)

    Atualmente, a mulher tem especial destaque nos estudos de mercado das cervejarias. Sempre de olho nas mudanças de hábitos da sociedade, em especial à crescente participação feminina no consumo da bebida. Apesar do país ainda engatinhar em relação a esse cresimento, cada vez mais ganhamos força com a mensagem feminina, tornando os comerciais mais inteligentes e sofisticados e deixamos de lado os comerciais machistas. Afinal, bom gosto e respeito são unisex.

    Você sabia?
47% das mulheres consomem bebidas alcoólicas, 88% bebem cerveja, e 38% pelo menos uma vez por semana. No supermercado, 63% das mulheres são responsáveis pela escolha da marca a ser consumida.

    Tudo isso só comprova que o preconceito está na nossa cabeça e não no nosso copo!
Junte as amigas, chame a namorada, liga para a tia, todas merecem brindar esse momento épico. Mulheres não só gostam de cerveja, como entendem e merecem uma (ou várias). Afinal, cerveja é coisa de mulherzinha, de mulherão e de qualquer um que beba com paixão!

 

Até a próxima!

Comment